Mensagem não enviada

“Juro que tô em sã consciência, sem álcool, sem remédio. Rs.

Só to pensando… To longe de tudo, de todos, então to aproveitando pra pensar na vida. E como ultimamente você tem sido a minha, nada mais natural que eu aproveitar a calma e te escrever algumas coisas.

Grande parte do que eu vou escrever você já sabe, eu já te disse. E eu também sei que provavelmente você vai responder com alguns emojis, mas ainda sim quero pôr pra fora de novo meus sentimentos.

Não é segredo pra ninguém que eu não superei o término do nosso namoro, não é segredo que eu te amo como jamais amei outra pessoa. Por mais tempo que passe, coisas que eu viva, meu sentimento não muda… e isso acaba comigo, por não ser correspondido. Eu já busquei te entender, na verdade eu já entendi a tua fase. Eu posso jurar que me adaptaria ao seu novo jeito, o que realmente é verdade, eu me arrependi com meus erros e faria tudo diferente por você, até porque você mesmo disse que eu deixei de ser “certinha”, e eu deixei mesmo… por sua causa.

As coisas realmente poderiam ser bem diferentes se eu tivesse outra chance pra mostrar isso, era só o que eu queria, peço todas as noites pra Deus me ajudar. Infelizmente, eu já entendi que você não me ama mais, é duro mas é realidade. Novamente reconheço que a culpa foi minha, que se terminamos foi porque eu fiz a maior parte das besteiras e por esse motivo eu parei e repensei meus conceitos, o que era ou não certo. Hoje em dia vejo e exagerei no jeito que era, sempre ‘dona da razão’, não me esforcei pra te agradar, eu te perdi, cresci repensando nos meus erros, mesmo que talvez seja tarde demais pra isso.

O que eu mais queria agora era uma chance de te ter de volta, tentar de novo, porque eu sinto que a gente ainda pode ser feliz, a gente se dá tão bem, quando estamos juntos parece que ficamos longe do mundo, eu percebo que é assim pra você também. A gente se diverte, se encaixa, se dá prazer.

Eu faço minhas coisas, saio, trabalho, estudo, mas sempre com você na cabeça. Juro que já fiz tudo o que pude pra te esquecer, mas não consigo. Acho que você me enfeitiçou.

Mas quanto ao meu sentimento, acho que não te resta nenhum vestígio de dúvida, porque já fiz de tudo por você. Passei por cima do meu orgulho inúmeras vezes, não te nego nada, te agrado, o que nem é tão certo, mas não consigo não fazer.

Tenho noventa e nove por cento de certeza que nós dois não temos mais volta, só que esse mísero um por cento de esperança é o que me faz agir assim. Eu não quero mais nada além de poder amar você, poder te ver sempre sem ter que me esconder, dizer que te amo sem culpa, te dar bom dia chamando de amor, deitar contigo e ver um filme no sofá da sala – juro que eu não te obrigaria mais a ver nenhum filme cabeça como daquela vez –, viajar e dormir contigo, te brigar porque escreveu algo errado – é pro seu bem –, ir acompanhar os seus jogos e dizer ficar lá cheia de orgulho torcendo por você. Só quero ser boa pra você, só quero você, ser sua, só sua.

Eu até diria isso olhando nos seus olhos se você quisesse, mas prefiro te evitar constrangimento. E ah, não precisa responder nada, nem mesmo seus emojis, finge que é uma carta. Me desculpa se você não gostar do que eu escrevi, só to desabafando meu amor. Um beijo, amo você.”

cel

Anúncios

Um comentário sobre “Mensagem não enviada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s