Seu jeito de ver o mundo

Doçura, fofura e sinceridade. O que dizer sobre esse seu olhar radiante cheio de vida e desejos? Falar que sonhos são burrices à você seria o mesmo que ofender a sua mãe, imperdoável. Você não é imatura, você não vive na lua, você é vencedora. Porque consegue ser assim mesmo vivendo em um mundo tão ruim. Você enxerga beleza onde não tem, ou melhor, onde apenas olhos como os seus conseguem. Olhos de quem desconhece ou prefere não olhar a maldade e a injustiça de um lugar tão repleto de coisas ruins, de coisas que tornam as pessoas ruins. E quem disse pra você que amadurecer é fácil, é porque com certeza não se lembra. Shakespeare me disse que “ maturidade tem mais haver com os tipos de experiências que se teve e o que aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou”, e eu acredito nisso. E aprendi em O Pequeno Príncipe, o livro de minha vida, que só é sábio quem vê o mundo com olhos de criança. Permita-se.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s